Luluzinha - conheça nossas streamers parceiras

14/10/2020

“É bom fazer parte de uma causa que eu acredito com pessoas que também acreditam nisso”

As streamers parceiras da Sakuras Esports foram apresentadas, mas nós queremos que vocês conheçam um pouco mais sobre elas. A partir de Setembro, traremos uma variedade de conteúdos visando visibilizá-las mais, incluindo entrevistas como estas!

Hoje conversamos com Luluzinha, a streamer apaixonada por literatura e escrita de 19 anos que também ama RPG de mesa, interpretar e desenvolver seus personagens. Sobre seu lugar almejado e objetivos, ela acredita que ainda não está no seu lugar almejado pois ainda tem muitos projetos para criar e objetivos para alcançar e força de vontade e talento para conquistá-los, isso ela tem de sobra.

A Lulu é de São José em Santa Catarina e contou para gente sobre seus jogos favoritos, deu um conselho para as streamers que estão começando agora e falou mais sobre a experiência de ser uma streamer da Sakuras Esports. Vem conhecer ela!

 

Lulu, fale um pouco sobre você!

Meu nome é Luiza, tenho 19 anos, sou de São José (SC). Eu gosto muito de escrever, é uma das minhas paixões de muito tempo, adoro criar histórias e, junto com isso, eu também gosto muito de ler, gosto muito do que a literatura pode nos proporcionar e onde ela pode nos levar, é um dos motivos pelo qual eu curso Letras.

Outra coisa que eu gosto muito e chego até ser viciada é em RPG de mesa. Meu Deus! Interpretar e desenvolver um personagem é tudo para mim. Sentir que aquele personagem tem vida, que as minhas escolhas são com base no que ele quer e não no que eu quero, lidar com conflitos morais e sentimentais…

RPG de mesa é, com certeza, uma das paixões da minha vida. Sobre outros jogos, eu gosto muito de jogar League of Legends, é um jogo que eu não me estresso jogando competitivamente e que eu tento ao máximo melhorar para chegar em algum ponto em que me sinto satisfeita com meu desempenho. Gosto bastante também de Overwatch, acho que o jogo merecia um carinho a mais.

 

Como surgiu sua vontade de se tornar streamer? Se vê fazendo isso no futuro?

Eu sempre gostei da ideia de conversar com as pessoas sobre os assuntos mais variados que existem. Isso tá muito ligado ao fato de eu querer ser professora ou ter pensado algumas vezes num canal do youtube quando mais nova.

Quando eu comprei o meu computador, meu namorado e uns amigos falaram que eu tinha muito potencial para streamar, que eu sei falar com as pessoas e que isso poderia me fazer bem também. Deixei as ideias fluírem e pensei em como streamar se junta com muitas outras coisas que eu quero fazer e como fazer isso me abre portas.

Comecei a montar um projeto-base de que eu faço stream para que as pessoas tenham um refúgio na internet, assim como eu também gostava de ter. Um cantinho da internet que você pode conversar ou só assistir e aproveitar a sensação. São quase 2 anos streamando e é uma das únicas coisas que eu me vejo fazendo no futuro, é extremamente divertido, eu me sinto bem e gosto muito de saber que tem pessoas ali que me apoiam e que gostam do meu conteúdo. É algo que eu quero levar até onde eu puder.

Há alguns anos atrás, você se veria fazendo o que faz hoje?

Não exatamente stream, uns anos atrás eu nem sabia o que era, mas esta é uma área que eu sonhava em trabalhar, então acho que podemos considerar. Acredito que a Luiza de alguns anos atrás se sente satisfeita de ver o que a Luiza de hoje está construindo.

O que você falaria para uma streamer que está começando agora?

Tenha em mente quais são os seus ideais. Quando você está começando você se apega e se preocupa muito com os números, você fica pensando que precisa muito daquele viewer ali no seu chat, independente do que ele esteja falando. Entretanto, qualidade sempre vai ser melhor que quantidade, você não precisa lidar com alguém no chat que está te fazendo mal ou que está indo contra algo que você acredita.

 

Como se sente sendo uma streamer da Sakuras Esports?

Ser uma streamer da Sakuras Esports é algo que eu sempre quis, gostava de me manter informada e de participar ainda quando era um projeto. É bom fazer parte de uma causa que eu acredito, com pessoas que também acreditam nisso e querem fazer algo para mudar as coisas.

Você pode acompanhar a Lulu pela Twitch: https://twitch.tv/luluzinha

Lissa

19 anos, taurina, estudante de jornalismo e mono jinx afundada

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades!

Sakuras Esports and DesignByCC | All rights reserved.