Streaming: saiba como se proteger da toxicidade

Opções para você se blindar de ataques diretos a você

21/10/2020

Os gamers reclamam (e muito!) de comportamentos tóxicos em suas partidas de League of Legends, Dota 2, Counter Strike: Global Offensive e até mesmo no mais novo jogo da Riot Games, Valorant. Segundo uma pesquisa feita pela ONG Anti-Defamation League em 2019, divulgada pelo site TechTudo, 74% dos jogadores online da América do Norte já sofreram assédio, ou seja, foram xingados, ameaçados, entre outros. 

Para mulheres a toxicidade nesse ambiente pode ser ainda maior, porque a cultura gamer é machista – há quem acredite que jogos não são para elas e que tê-las em seu time já é sinal de derrota. Além disso, existem relatos de meninas que, ao se mostrarem do sexo feminino, tiveram de lidar com importunações sexuais. 

Recentemente, nós da Sakuras percebemos uma onda de ganks (raids) em canais de mulheres não com o objetivo de divulgá-las a mais usuários, mas de perturbá-las, poluir o chat, estragar o humor da transmissão e às vezes até mesmo ameaçá-las.

É muito triste saber que ainda há pessoas desse tipo em pleno 2020, e que inclusive seguem impunes (notem a diferença de tempo entre os tweets). Sentimos muito se você passou por uma situação parecida às mostradas acima, e entendemos se você se sentir ansiosa ao pensar em abrir sua live no meio desse caos.

Pensando no seu conforto, separamos algumas dicas para você, streamer, principalmente mulher, se proteger de ataques direcionados a você. Essas dicas vão frustrar os trolls que possam estar pensando em perturbar sua stream, ou te preparar para agir rapidamente no primeiro sinal de problema. Aqui vão elas:

1. Conheça comandos básicos

Vamos começar do começo! As plataformas de streaming permitem colocar um usuário em espera (mais conhecido como timeout) ou baní-lo permanentemente como forma de penalizá-lo por um comportamento inadequado. Você, streamer, ou seu moderador podem fazer isso manualmente com os seguintes comandos na Twitch:

– Para banir um usuário: /ban nomedousuário

– Para proibí-lo de falar temporariamente: /timeout nomedousuário segundos

Tabelinha de minutos em segundos:

– 1 minuto = 60 segundos

– 5 minutos = 300 segundos

– 10 minutos = 600 segundos

– 30 minutos = 1.800 segundos

– 1 hora = 3.600 segundos

– 1 dia = 86.400 segundos

OBSERVAÇÃO! Se você acompanha streams, você também pode evitar quem te incomodem pelo chat ou mensagens privadas. Basta digitar /block nomedousuário que a interação da pessoa com você via chat ou sussurro será interrompida.

2. Crie regras para o seu chat

Avisar nunca é demais! Por isso, defina como você espera que as pessoas interajam no chat, criando uma listinha do que elas podem ou não fazer na sua stream. As regras aparecerão assim que um novo viewer entrar no seu canal, e ele terá de concordar com elas para poder interagir.  

EXEMPLO DE REGRAS:

– Sejam gentis um com os outros

– Sem racismo, machismo ou LGBTQI+fobia 

– Divirtam-se! 

No canal da StreamieBR, ela deixou ainda mais detalhado. Você escolhe o que colocar para que seu chat entenda as expectativas que você tem dele.

Agora, para alterá-las no seu canal, você precisa:

1. Acessar o painel de controle do seu canal

2. Ir em Permissões > Moderação > Privilégios do canal > Regras do chat

3. Escrever suas regras

 

Pronto! Simples, fácil e rápido. 

 

3. Ative o modo somente seguidores

Ao acionar esse comando, apenas seus seguidores poderão interagir no chat. Você também pode estabelecer quanto tempo eles devem te seguir antes de poder mandar mensagens, o que dá uma segurança maior para você, já que não necessariamente essas pessoas poderão digitar imediatamente. 

Existem duas formas de ativar esse comando:

1. Clique na engrenagem no chat e ligue o comando.

2. Digite /followers tempo conforme na imagem abaixo.

No comando manual, os números são editáveis, ok?! E o máximo de tempo permitido por ele é 3 meses.

4. Filtre palavras no chat

Existem algumas palavras que, se estiverem na frase, já sabemos que não é algo bom.  Por isso, uma forma de se blindar de comentários tóxicos é configurando a exclusão de mensagens com determinadas expressões. Para isso:

1. Acesse o painel de controle do seu canal

2. Vá em Permissões > Moderação > Controles de AutoMod > Termos e frases bloqueados

3. Insira as palavras e frases indesejadas

SUGESTÕES: elaboramos uma lista com algumas palavras e suas variáveis para você colocar nesse filtro, se você estiver sem ideias ou aceitar uma ajudinha. Estamos adicionando os últimos termos, então fiquem atentos às nossas redes sociais, pois publicaremos em breve! Vamos adicionar um link aqui quando publicarmos.

5. Limpe as mensagens no chat

Esse é um comando útil para restabelecer o clima da stream. Caso você receba um gank ou muitas pessoas comecem a mandar mensagens desagradáveis, é possível limpá-las todas de uma vez – digite /clear e seu chat ficará em branco por alguns instantes. 

ATENÇÃO! Esse comando não coloca os usuários que digitaram em modo de espera ou os bane – ele irá apenas remover todas as mensagens da tela.

6. Gerencie quem pode te gankar

Os ganks são uma boa oportunidade para cativar novas pessoas e aumentar sua comunidade, então permití-los é importante. Porém, por questões de segurança, você pode configurar quem pode fazê-lo, todos ou apenas amigos, colegas de equipe e canais seguidos. Siga as instruções!

1. Acesse as configurações do seu canal

2. Role a página até o tópico “Raids” (que é sinônimo de gank)

3. Selecione a opção desejada – sugerimos a segunda, como marcada na imagem:

Lembre-se apenas de seguir seus streamers favoritos e queridos para que, caso eles decidam fazer uma raid para você, eles consigam. 

7. Bana ou reporte um canal que te gankou

Mesmo aplicando algumas regras ao seu canal, se sua experiência com algum gank não foi agradável, você pode banir ou reportar o canal que o fez. Clique na engrenagem ao lado do chat e selecione “visualizar raids recentes”. Lá, você verá o nome do usuário e poderá selecionar a opção que desejar. 

Esta é uma forma de dar um feedback para plataforma de que aquela pessoa não está sendo legal e provavelmente não cumprindo com as diretrizes do site.

 ATUALIZAÇÃO: Adicionamos neste post um documento .txt com alguns nicks de trolls que nos foram relatados com base nos “ganks tóxicos” recentes. Clique aqui para baixar o documento e receber uma lista de canais que sugerimos que você bana.

8. Tenha moderadores de confiança

Ter alguém que supervisione seu chat enquanto você joga permite que você trabalhe tranquilamente. O papel do moderador é garantir que o chat aja da melhor forma, sendo bom tanto para os viewers quanto para o próprio streamer. Portanto,  ele irá monitorar o que está acontecendo constantemente e aplicar punições para o usuário quando necessário. Eles, inclusive, possuem um modo de visualização especial para facilitar todo esse processo na Twitch! Veja como acessá-lo: 

Converse com amigues que possam te ajudar com isso em sua live e ensine-os a fazer o que for preciso em cada situação. Quem sabe mandar esse artigo já não os mostra os caminhos, não é mesmo?!


E aí, gostou das dicas? Siga a Sakuras Esports no Twitter e Instagram para ler mais conteúdos como esse.

Pode nos mandar sugestões pelas redes sociais também – a Musa, nossa Social Media, vai ficar muito feliz de interagir com você.

Priscila Augusto

Jornalista, feminista e apaixonada por jogos. Sonho com o dia em que as mulheres tenham a mesma visibilidade e igualdade que os homens nos eSports.

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades!

Sakuras Esports and DesignByCC | All rights reserved.